Mensagem de final de ano – 2013


Tenho por hábito escrever uma mensagem de fim de ano e compartilhá-la através das redes sociais e e-mail com meus conhecidos, contatos de negócios, amigos e familiares.

A cada ano, torna-se mais difícil esta tarefa, pois se de um lado recebemos milhares de comunicados, mensagens e conteúdo de toda natureza, um mar de informações que quase não conseguimos mais selecionar ou priorizar, de outro, o conteúdo precisa ser cada vez mais desafiador para passar pelo crivo crítico e ser considerado útil ou prazeroso pelos leitores. Mas é um bom desafio, e portanto, que seus minutos de atenção valham a pena.

Há poucos dias recebemos a notícia do falecimento de Nelson Mandela. Há tempos eu pensava em deixar uma crônica pronta para publicar como minha homenagem a ele, prevendo que este fato ocorreria em breve ao saber de seu crítico estado de saúde, mas deixei a ideia de lado e o tempo passou. Passou tão rápido, assim como outras tantas coisas passam tão rápido por nossas vidas e quando nos apercebemos, a oportunidade se foi. Seja de um evento, um encontro com familiares, amigos ou até mesmo um simples obrigado a quem nos serve ou atende.

Quantas coisas não deixamos para trás, para o que poderia ser e não foi, das quais nos arrependemos logo em seguida? Muitas. O interessante é que o arrependimento tende a ser cada vez menor. Desfaz-se em poucos instantes, por que o substituímos com algo que nos conforta. E aos poucos, se vão pessoas, momentos etc.

Mas não quero escrever sobre o arrependimento, mas sobre o que pode ser. Onde nos encontramos agora, lendo esta mensagem e o que faremos a seguir. É neste instante que podemos mudar. Pensar justamente nas pessoas com quem queremos falar, nos encontrar, nas pequenas coisas que podemos fazer e não nos grandes planos que se engavetam por conta da falta de tempo e da ausência de prioridade.

Quando li uma das biografias de Nelson Mandela, me deparei com um dos vários momentos de sua vida, onde ele se dedicou a plantar tomates. Cuidava de suas plantas e colhia os seus frutos. Enclausurado, sobrava-lhe tempo para refletir e colocar de lado, as muitas mágoas e rancor que poderia carregar ao sair da prisão. Além de um passatempo e uma terapia, estava ali uma filosofia de vida, adotada para se adaptar às condições e a seu objetivo de vida, que a prisão não diminuiu um milímetro sequer.

Não precisamos sair plantando tomates, embora seja algo muito gostoso, para descobrir ou lembrar das coisas importantes, podemos simplesmente priorizar. Priorizar significa dizer não a muitas coisas e pessoas e dizer sim a outras. Muitas coisas em nossas vidas cheias de compromissos são definitivamente desnecessárias, e refletir sobre o que deixamos e o que não queremos mais deixar para trás, é um exercício de maturidade pessoal.

Aprendi com minha esposa Adriana, que a vida é marcada efetivamente pelos sim que dizemos e adotamos. A todo instante, a toda hora, sempre. E por falar em sempre, a poetisa americana Emily Dickinson definiu poeticamente o que chamamos de sempre, no título de um poema:  “O sempre é formado por agora(s) ” .

Que tal fazer exatamente isso que pensamos agora? Qualquer mudança começa no agora.

Por que não?

Agora é ou já quase é 2014.

Desejo um ótimo 2014 para todos..

Um grande abraço

 

Esse post foi publicado em Pensamentos e insights e marcado , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Mensagem de final de ano – 2013

  1. adrianadantas disse:

    O “Sim” e o “Tomate”. Aprendi que o “sim” pode mudar a nossa vida. O “sim” corajoso, de quem mesmo com um frio na barriga é capaz de dar o passo em direção ao seu desejo. O “sim” para o que realmente importa. Aprendi também neste ano o prazer de plantar “tomate” e tantas outras coisas na nossa horta. O cultivo nos ensina a apreciar a jornada. Quero em 2014 dizer todos os “SIMs” para a nossa vida juntos e continuar plantando com você não apenas os “tomates” na nossa horta, mas apreciando os pequenos momentos da nossa tumultuada rotina e cultivando com carinho todas as sementes que se transformarão em adocicados frutos do nosso maravilhoso relacionamento. Beijos com amor, para sempre sua esposa….

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s