Muito além de um currículo


Recentemente conversava com algumas pessoas sobre o futuro profissional. O mercado em alta, as expectativas pessoais, as expectativas dos contratantes, e lembrei-me de um poema que li há alguns meses atrás, de uma poetisa até então desconhecida para mim. Seu nome: Wislawa Szymborska, ganhadora do Prêmio Nobel de Literatura de 1996.

A polonesa octogenária, com uma escrita poético-filosófica cativou-me com os seguintes versos tão atuais:

Escrevendo um Currículo (extratos)*

por Wislawa Szymborska

 (…)
” O currículo tem que ser curto
mesmo que a vida seja longa.
 Obrigatória a concisão e seleção dos fatos.
Trocam-se as paisagens pelos endereços
e a memória vacilante pelas datas imóveis.
 De todos os amores basta o casamento,
e dos filhos só os nascidos.
 (…)
 Associações a quê, mas sem por quê.
Distinções sem a razão.
 Escreva como se nunca falasse consigo
e se mantivesse à distância.
(…)
Antes o preço que o valor
e o título que o conteúdo.
(…)
Acrescente uma foto com a orelha de fora.
O que conta é o seu formato, não o que se ouve.
O que se ouve?
O matraquear das máquinas picotando o papel.”
 

Muitas vezes gostamos de algum texto, frase, poema e os guardamos para usar em algum momento oportuno. Outros são enviados para nossa lista de amigos e contatos, ou publicados no Facebook, Twitter etc. Conheci profissionais de publicações deste gênero e, certamente a maioria das pessoas se contenta apenas em lê-los e achá-los bonitos, profundos, interessantes.

Porém não refletem sobre o seu conteúdo. Apreciar, aprender, significa ir além. Aprofundar-se no que as palavras revelam, experimentar sua profundidade, ir além da beleza estética. Superar a plasticidade da aparência e mergulhar nas profundezas do sentido. Esta é a beleza das reflexões e pensamentos.

Onde se vê beleza e sentido, onde se vê razão e conteúdo, podemos nos dedicar a aprender e ser um pouco melhores em nossa jornada de aprendizado, em nossas vidas.

Szymborska faleceu este ano (2012), mas deixou um legado poético maravilhoso, sobre o qual, vale a pena refletir e pensar.

Quem sabe rescreveremos nossos currículos a partir dele?

* Poemas (2011) – Companhia das Letras

Esse post foi publicado em Pensamentos e insights e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Muito além de um currículo

  1. Marco, como sempre conversamos, quando aprendemos a apreciar a jornada, o destino é apenas uma “desculpa” para quem quer viver intensamente… Belo texto! Excelente reflexão! Bj

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s